Orações pelos perseguidos

12.06.2019

Neste domingo (16/06), a partir das 10 horas, na quadra 34 da Avenida Comendador José da Silva Martha, em Bauru, a CMC vai dedicar um tempo da reunião para orar pela igreja perseguida, especialmente a da Coreia do Norte. Esse movimento de oração é organizado pelo ministério Portas Abertas e é conhecido como Domingo da Igreja Perseguida (DIP). 

 

Segundo os organizadores, o DIP acontece no Brasil desde 1988, e tem como objetivo servir os cristãos perseguidos por meio da oração e contribuição para fortalecê-los em meio a adversidades, além de conscientizar a igreja brasileira a respeito da perseguição aos cristãos.

 

Na lista mundial da perseguição, que classifica os 50 países onde é mais difícil ser cristão, a Coreia do Norte lidera o ranking desde 2002 e nela os cristãos enfrentam os níveis mais elevados de pressão por causa da fé. O país tem um regime comunista sob o comando de Kim Jong-un, o terceiro da dinastia Kim. Quanto à religião, todos devem adorar a família Kim, por isso os cristãos vivem em secreto.

 

A estimativa é que haja 300 mil cristãos na Coreia do Norte, cerca de 1,2% dos mais de 25 milhões de habitantes. Se descoberto, o cristão é levado para campos de trabalho forçado ou até mesmo morto. Encontrar-se com outros cristãos é quase impossível.

 

 

 

Compartilhar
Please reload

Posts Em Destaque

Mais 3 batismos

November 20, 2019

1/2
Please reload

Posts Recentes

December 5, 2019

December 5, 2019

December 4, 2019

December 3, 2019

December 3, 2019

December 3, 2019

November 28, 2019

November 28, 2019

November 26, 2019

Please reload

Arquivo